A rápida conquista dos domínios astecas e a longa conquista da área maia - Cronologia

A rápida conquista dos domínios astecas e a longa conquista da área maia

Autor(a): Anderson Roberti dos Reis

E-mail: dosreiss@gmail.com

 

Cronologia

 

1502 - Moctezuma é `coroado` tlatoani de México.
1504 - Hernán Cortés desembarca em Santo Domingo
1517 - Francisco Hernández de Córdoba lidera a primeira expedição rumo à Península de Yucatán, na área maia.
1518 - Juan de Grijalva parte em direção à Yucatán e à costa de Veracruz.
1519 - Hernán Cortés sai de Cuba em direção à Península de Yucatán. Em abril daquele ano, chega a San Juan de Ulúa, mais próximo de México-Tenochtitlan. Neste ano, Cortés redige a sua `Primeira Carta de Relação`, endereçada a Carlos V.
1520 - Cortés enfrenta Pánfilo de Narváez; os espanhóis massacram os indígenas no Templo Maior; Moctezuma morre; e os homens de Cortés fogem do México no episódio conhecido como a Noite Triste. O conquistador escreve a sua `Segunda Carta de Relação`.
1521 - Os espanhóis se reorganizam e iniciam o retorno em direção à capital mexica. Em agosto, Cuauhtémoc é capturado e os espanhóis rendem os astecas.
1524 - Chega ao México a missão dos `doze franciscanos`, liderada pelo frei Martín de Valência, que dá início à evangelização sistemática da Nova Espanha.
1527 - Francisco de Montejo parte de Sevilha com 4 embarcações e cerca de 400 homens rumo à península de Yucatán, para empreender a conquista da área maia.
1548 - Yucatán se integra oficialmente ao vice-reino da Nova Espanha.