Conquista do Caribe: epidemias, pactos e guerras entre europeus e nativos - Bibliografia

Conquista do Caribe: epidemias, pactos e guerras entre europeus e nativos

Autor(a): Maria Cristina Bohn Martins

E-mailcrisbohn@terra.com.br

 

Bibliografia

 

NETO, Jose Alves de Freitas.  A narrativa trágica, o amor cristão e a memória americana. SP:  Annablume, 2004.

A obra estuda a crônica de Bartolomé de Las Casas, um dos principais textos gerados no ambiente da conquista da América no século XVI, buscando  identificar os pontos centrais do discurso do religioso, bem como as bases para o êxito da visão por ele construída. A partir da História das Índias e da Brevíssima Relação da Destruição das Índias o autor analisa os motivos que perpetuaram a narrativa lascasiana na memória do Novo Mundo. A obra permite pois, compreender os motivos do sucesso do texto de Las Casas, as bases da sua composição, bem como a complexa trama que deu origem à imagem vitoriosa da conquista espanhola da América.

 

SCHWARTZ, Stuart B & LOCKHART, James. A América Latina na época colonial. Rio de Janerio: Civilização Brasileira, 2002.

Esta obra, que  apresenta uma  interpretação conjunta da história colonial latino- americana, tem sua consulta facilitada por ter sido editada em português. Ela apresenta um capítulo bastante rico na temática aqui abordada.

 

BERNARD, Carmen e GRUZINSKI, Serge. História do Novo Mundo. Da descoberta à conquista, uma experiência européia (1492 – 1550). São Paulo: EDUSP, 1997.

O excelente livro de Bernard & Gruzinski, versão para o português da edição pela Fundo de Cultura Econômica, recria para os leitores o ambiente de fascinação e de dificuldades encontrado pelos primeiros europeus no Caribe. Tal como sugere o nome da obra, os protagonistas da história são os europeus.

 

ELLIOT, J. H. A conquista espanhola e a colonização da América. In: BETHEL, Leslie. (org.) Historia de América Latina. 1. São Paulo: EDUSP, D.F.: Fundação Alexandre de Gusmão,  Crítica, 1999, (vol.1).

O capítulo assinalado do volume 1 da afamada coleção editada inicialmente pela Cambridge (em 1992 em espanhol, pela Ed. Crítica de Barcelona), apresenta uma ótima avaliação da ação espanhola nas Antilhas: das viagens de Colombo aos esforços de colonização sistemática.