O sul da América do Sul: guaranis, mapuches e outros povos - Bibliografia

O sul da América do Sul: guaranis, mapuches e outros povos

Autor(a): Maria Cristina Bohn Martins 

E-mail: crisbohn@terra.com.br

 

Bibliografia

 

FAUSTO, Carlos. Os índios antes do Brasil. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2000.

Embora sua atenção não se relacione diretamente às populações mais meridionais da América do Sul, o texto do professor de Antropologia na Universidade Federal do Rio de Janeiro oportuniza ao leitor compreender os pressupostos teóricos que influenciaram a antropologia do continente até meados do século XX. Desta forma, Fausto realiza uma crítica ao evolucionismo e suas marcas nas compreensões que se elaboraram sobre os povos das “terras baixas” americanas.

 

MARCHENA, Juan e GARAVAGLIA, Juan Carlos. América Latina de los orígenes a la Independencia. 1. América Precolombina y la Consolidación del espacio colonial. Barcelona: Crítica, 2005.

Os responsáveis pela obra em questão alertam para o fato de que ela não pretende ser um estudo que cubra, exaustivamente, todas as sociedades americanas pré-coloniais (ou todas as questões envolvidas entre aquelas que aborda). Efetivamente, o próprio crescimento exponencial da produção historiográfica recente, assim como a profissionalização do trabalho do historiador, não recomendam que se tente estabelecer  sínteses desta natureza. Desta forma, os autores envolvidos no esforço de produção deste primeiro volume da Coleção dirigida por Josep Fontana e Gonzalo Pontón -, uniram suas competências para tratar de quatro áreas geográficas distintas: o México, o Caribe, o Mundo Andino e o Rio da Prata. Embora evitem aplicar análises compartimentalizadas às sociedades que estudam, sem dúvida Marchena e Garavaglia optaram por tomar a vida econômica e social como fio condutor de suas análises, ainda sem desconhecer o mundo da política e da vida cultural, sempre que possível.

 

MELÍA, Bartolomeu, SAUL, Marcos e MURARO, Valmir. O Guarani. Uma bibliografia etnológica. Santo Ângelo - CCM: FUNDAMES, 1987.

Importante e cuidadosa revisão das fontes e da bibliografia etnológica disponível aos pesquisadores interessados em estudar os guaranis.

 

TARRAGÓ, Myrian (Org.). Nueva Historia Argentina. Tomo I. Los pueblos originarios y la Conquista. Buenos Aires: Sudamericana, 2000.

Um conjunto de especialistas contribuiu para compor os 9 capítulos desta obra. Segundo sua organizadora, a incorporação de um volume dedicado ao passado pré-hispânico nesta “Nueva Historia Argentina”-,  implica no rompimento com a tão tradicional distinção entre a história e a arqueologia. O livro, assim, parte do pressuposto de que os respectivos objetos de estudo (da história e da arqueologia) não são de natureza diferente ou desconexa e, para efetivar esta proposta, apresenta um conjunto de estudos que envolvem do “Povoamento do território”, em seu capítulo primeiro, às intermediações que acontecem entre índios e brancos “A través de la frontera”, em seu último capítulo.